Cidadania online: Instituto Cidade Democrática incentiva a participação popular nas decisões políticas

O potencial da rede mundial de computadores em conectar pessoas chama a atenção de Rodrigo de Luna há muito tempo. É pela internet que o administrador de empresas, com mestrado em administração pública, incentiva a participação popular na tomada de decisões políticas.

 

Rodrigo é diretor-executivo do Instituto Cidade Democrática, uma plataforma que estimula a participação da sociedade na concepção e implementação de soluções para melhorar o local onde vivem. A ideia nasceu quando ele trabalhava no poder público e percebeu que os prefeitos, vereadores e governadores não tinham um planejamento para atender à população.

 

– Eu achava que o governo sabia tudo que precisava fazer e percebi que esse planejamento não existia, as coisas iam sendo feitas por demanda, e isso vai desde consertar buraco de rua até construir uma escola –conta ele.
O Cidade Democrática, apoiado pela BrazilFoundation desde 2014, propõe concursos de ideias e incentiva as pessoas a compartilharem suas propostas. A mais nova iniciativa do instituto é o Sorocaba Criativa com foco na educação. Segundo Rodrigo, o concurso conta com participação expressiva de jovens e professores que estão desenvolvendo debates nas escolas do município.
– A gente lança um assunto, vai até a cidade, chama as pessoas para participar e mobiliza as escolas.
A estudante Ana Carolina Malesta, de 19 anos, propôs a criação de um programa de educação ambiental para as escolas públicas de Sorocaba (SP) com o objetivo instruir crianças e adolescentes a cuidar do meio ambiente. Ana Carolina já recebeu 31 comentários de outros moradores que apoiam a ideia ou que têm alguma sugestão complementar.

 

Lançar uma ideia e divulgá-la é o primeiro passo para participar do concurso. Depois disso, é possível utilizar as sugestões de outros moradores para editar e aprimorar o projeto. Em seguida vem a parte de fusão de ideias, quando a equipe do Cidade Democrática sugere que propostas semelhantes se unam para somar forças. A última etapa é o evento que anuncia os vencedores. Mas o trabalho não para por aí, o instituto ainda é responsável por conectar as ideias populares com quem pode transformá-las em realidade.

 

– Ao longo deste processo a gente vai articulando com o poder público local para saber o saber o que é possível fazer de fato – conta Rodrigo.

 

O Cidade Democrática já conseguiu reunir moradores de cidades paulistas em torno de causas nobres. Em Jundiaí (SP) um garoto de 14 anos propôs a criação de ciclovias na cidade. A ideia foi apoiada pela população na internet, chamou a atenção de um vereador que conseguiu recursos para iniciar as obras. Hoje o município de 400 mil habitantes conta com seis quilômetros de ciclofaixas e um plano cicloviário que pretende alcançar 30 quilômetros. Um sinal de que a participação popular na tomada de decisões políticas pode gerar grandes resultados.

 

05_18_15_CIDADE DEMOCRÁTICA Open Innovation Challenges on Public Issues

Fotos: Clique aqui

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s