Mulheres, filantropia e transformação social

Em 17 de setembro, o Financial Times recebeu a BrazilFoundation e convidados em Nova York para um painel de discussão sobre “Mulheres, Filantropia e Mudança Social”. A palestra contou com três das homenageadas do XII Gala de Nova York, com representantes do Financial Times e do Projeto 10.000 Mulheres, da Goldman Sachs.

Noa Meyer, Diretora Geral e Chefe Global do 10.000 Mulheres, da Goldman Sachs, abriu o debate, afirmando que programas que apoiam ​​mulheres empresárias podem gerar grandes oportunidades para o crescimento econômico. Noa também focou na importância de um sistema de medição que a Goldman Sachs utiliza para avaliar o sucesso do apoio às líderes globais femininas. “Percebemos que investindo na receita de mulheres a renda quintuplicou ou dobrou, e isso tem um efeito multiplicador na comunidade”, explicou ela. Em seguida, Meyer apresentou a primeira participante do 10.000 Mulheres no Brasil, Gircilene Gilca de Castro, que fundou a Alimex Soluções em Alimentação Ltda. Desde que concluiu o 10.000 mulheres, a receita de seu negócio aumentou em 900% e ela contratou mais de 40 novos funcionários, a maioria mulheres.

Em seguida, Anália Timbó (Fundadora do Vidança), Maria de Lourdes Braz (Fundador da Casa de Santa Ana) e Brigitte Louchez (Coordenador da Barraca da Amizade) contaram alguns dos desafios que enfrentam como mulheres líderes no Brasil. Todas as três são apoiadas pela BrazilFoundation e foram homenageadas no XII Gala New York. As três líderes têm enfrentado muitas lutas e tiveram que superar obstáculos significativos para iniciar seus projetos. Todas tiveram dificuldades em obter financiamento: “aqui no Brasil as pessoas dão muitas desculpas para não ajudar. ‘Não há recursos suficientes’. ‘Não há possibilidade’, como já ouvimos”, disse Lourdes. Embora tenham conseguido manter seus projetos por anos, elas têm enfrentado dificuldades em manter o apoio para as operações. “Ter sustentabilidade institucional é um sonho para todas nós. Nós três já fomos reconhecidas por nosso trabalho e nossos projetos receberam prêmios. No entanto, nós também já estivemos perto de fechar as portas nos últimos 1-2 anos.”, observou Anália. Apesar destes desafios, continuam a liderar seus projetos com garra: “Eu tenho dois filhos e meu sonho é tornar o Brasil melhor para eles”, disse Brigitte.

A editora-chefe no Financial Times, Gillian Tett, encerrou o evento destacando a importância de se investir em mulheres e de como o envolvimento das mulheres na economia ou a falta dele deve ser levado em consideração na análise do estado da economia. “Se pudermos fazer com que mais mulheres se envolvam e contribuam, será melhor para todos. Eu acho que todos nós sabemos disso”, afirmou.

Fique ligado nas próximas semanas para as novidades do projeto “De Mulheres para Mulheres” da BrazilFoundation, uma iniciativa lançada esta semana para arrecadar recursos para projetos que promovam oportunidades para as mulheres. Já foram arrecadados mais de US $ 15.000 com a meta de financiar 10 projetos para o próximo ano.

photo 1 (10)

Analia Timbó, do Vidanca, fala sobre seus desafios

Analia Timbó, do Vidanca, fala sobre seus desafios

John Moncure, as homenageadas do Gala da BrazilFoundation, Gircilene, beneficiária do Goldman Sachs 10,000 Women,e Patricia Lobaccaro

John Moncure, as homenageadas do Gala da BrazilFoundation, Gircilene, beneficiária do Goldman Sachs 10,000 Women,e Patricia Lobaccaro

Leona Forman e Gircilene

Leona Forman e Gircilene

Gillian Tett do Financial Times

Gillian Tett do Financial Times

IMG_0261

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s