Uma aula de protagonismo jovem na Maré

Grafite colaborativo, sarau de poesia, rap, reggae e blackmusic, conversa animada e uma equipe inspirada em falar daquilo que mais gosta. Assim foi a aula inaugural que aconteceu no dia 22/7, para a 8ª turma da Escola Popular de Comunicação Crítica (ESPOCC), na sede do Observatório de Favelas, no Complexo da Maré. “Diferente de outras organizações, não dizemos que nossa missão é fazer o que o setor público não faz. Para nós, o público não é propriedade do Estado. A sociedade civil precisa buscar seu espaço no que é público. Desenvolver  autonomia, deixar de ser espectador e se tornar protagonista, articulando e construindo uma travessia para uma cidadania mais atuante” – diz o diretor geral da Escola, o sociólogo Eduardo Alves. O primeiro encontro da turma de 90 selecionados entre os 257 inscritos, foi uma oportunidade dos alunos se conhecerem, interagirem com a equipe pedagógica e entenderem a metodologia do curso de 420h, voltado para Mídias digitais e Audiovisual. “Acima de tudo, buscamos fortalecer uma rede de jovens profissionais protagonistas que atuem de forma transformadora através da cidadania ativa, do conhecimento técnico em comunicação e da publicidade afirmativa, conectando e fortalecendo a juventude de territórios de favela de toda a cidade”, afirma Eduardo. Além da abertura do curso, o Observatório foi palco para o lançamento do livro “Fiel”, escrito pelo ex-aluno da ESPOCC Jessé Alves, que retrata fielmente a realidade vivida em muitas favelas do Brasil. O livro foi escrito no bloco de notas de seu telefone celular durante o trajeto de trem para casa, trabalho e estudo. A ESPOCC é um projeto do Observatório de Favelas, criado em 2005, que tem como objetivo formar jovens e adultos na área de comunicação, transformando-os em multiplicadores do conhecimento, de forma crítica e transformadora. “Os alunos são moradores dos espaços populares do Rio de Janeiro e têm na ESPOCC uma grande oportunidade de entrada no mercado de trabalho, embora não seja este o foco único da escola. A ideia é buscar uma formação para a vida”, afirma Rodrigo Azevedo, coordenador executivo da escola. “Espero aprender mais sobre o meio digital com a ESPOCC usar esse conhecimento para fortalecer redes de apoio que podem mudar a relação entre as pessoas” – Wellen Christina, criadora do grupo de trocas Feira Grátis da Gratidão, que conta hoje com 7.400 membros e faz feiras virtuais e presenciais em toda a cidade do Rio de Janeiro. O projeto da ESPOCC tem parceria com a Petrobrás, UFRJ, UFF entre outros e em 2014 está sendo apoiada pelo Fundo Carioca da BrazilFoundation.


Aula inaugural ESPOCC 023  Aula inaugural ESPOCC 058 Aula inaugural ESPOCC 067 Aula inaugural ESPOCC 077 Aula inaugural ESPOCC 043Aula inaugural ESPOCC 095Aula inaugural ESPOCC 107Aula inaugural ESPOCC 106

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s